Temporada brasileira

Todo mundo já sabe que o Studio é mezzo português, mezzo brasileiro, já que nossa sede funciona em Braga/PT, mas nossas origens são lá do Ceará/BR, certo?! Então, nada mais justo que durante as nossas “ferias”, a gente aproveitasse para dar um pulinho em terras brasileiras. E foi isso que fizemos durante o mês de agosto! 

Só que aconteceu tanta coisa legal, que resolvemos dividir com vocês nossas experiências nesse período!

Um pouco da beleza do nosso Ceará!

Um pouco da beleza do nosso Ceará!

Só deu God’s Serving Table

Em julho, anunciamos no stories do Studio (@studiodeusdara) que estávamos recebendo encomendas da God’s Serving Table para entrega no Brasil, em agosto. Para nossa alegria, tivemos que encerrar os pedidos 24 horas depois de abertos. Esse foi um sinal que nos deu algumas ideias mirabolantes e mais tarde contamos a vocês. 

Foram algumas dezenas de tábuas entregues e que agora estão circulando pelas reuniões de amigos, pelos papos descontraídos na varanda de casa, pelos jantares a dois com muitos queijos e vinhos e pelos animados almoços de família. Nossa God’s foi feita para isso, servir delícias e estar presente nos melhores momentos!

God's Serving Table em ação.

God's Serving Table em ação.

Detalhes apetitosos!

Detalhes apetitosos!

Trocamos experiências

Outro momento bacana que aconteceu em agosto foi o convite para ministrarmos a palestra “Modelagem de ideias e gestão além da técnica”, para os alunos do curso de administração da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Na verdade, o que aconteceu foi um bate-papo interessante, com muita troca de ideias, em que pudemos contar um pouco da trajetória do Studio e ouvir o que muitos ali já estavam vivenciando na prática com suas empresas. 

Palestra na Unifor

Palestra na Unifor

Turma interessada nos detalhes da tábua 

Turma interessada nos detalhes da tábua 

Recebemos também outro convite especialíssimo, mas esse vai ficar para um próximo post. Na verdade, muitas ideias e parcerias legais foram feitas nessa temporada brasileira. A gente está torcendo para que os frutos possam ser colhidos já já. Torçam com a gente!